Lançado em: 20-05-2019

O QUE É UM MILAGRE ?


A irmã Dulce dos Pobres será canonizada. Para uma pessoa ser declarada santa, a Igreja Católica exige a comprovação de milagres. São muitos os milagres atribuídos à intercessão da Irmã Dulce: cura da cegueira, de hemorragia, de câncer, diabete, depressão, da dependência de drogas, conquista de emprego... Mas, o que é um milagre?
O MILAGRE é suspensão das leis da natureza. Só Deus pode realizar milagres ou permitir que os outros o façam em seu nome. O primeiro de todos os milagres foi a criação do universo e da vida. Quem cria do NADA também pode mandar o mar se abrir, o sol parar, um morto ressuscitar, o cego ver. O maior de todos os milagres foi a ressurreição de Jesus.
A BÍBLIA coloca diante dos nossos olhos milagres extraordinários. No Antigo Testamento podemos mencionar: Moisés abre o mar para os Hebreus passarem e faz correr água do rochedo; Josué manda o sol parar; Elias e Eliseu realizam a multiplicação do pão e cura de leprosos. No Novo Testamento conhecemos os milagres de Jesus: cura de 10 leprosos, do cego de nascença, a ressurreição da menina, do jovem e de Lázaro, a multiplicação dos pães e muitos outros.
HOJE, também, acontecem muitos sinais de Deus, muitos milagres. Em Lourdes, na França temos o registro de, aproximadamente, 4 mil milagres, comprovados pelos médicos. Há uma Comissão Internacional de Médicos, de diversas religiões e até ateus, que verificam as curas de Lourdes. Dão sua assinatura e mostram as chapas de Raio X, antes e depois da cura. Em Fátima, Nossa Senhora fez o Milagre do SOL. O sol Girou, diante de, aproximadamente, 70 mil pessoas. Milagre anunciado com antecedência de alguns meses.
O EVANGELISTA João evita falar em milagres, prefere a palavra sinais. E isto corresponde ao modo de agir de Jesus. Os sinais de Jesus significam que o mal está sendo vencido. Restituir a vida em sua plenitude era seu objetivo. Os cegos vêem, os mudos falam, os surdos ouvem, os paralíticos andam, os pobres são evangelizados. Esses são os sinais são do Reino de Deus.
A IRMÃ Dulce dos Pobres realizou muitos sinais, milagres. Sua história justifica, para muito breve, a canonização porque dedicou sua vida aos doentes, pobres e sofredores. Ela sempre procurou ver, em cada ser humano, a pessoa de Jesus que disse: “Tudo que fizerdes ao menor dos meus irmãos é a mim que fazeis”. (Mt 25,40).

Dom Itamar Vian - Arcebispo Emérito
 

 



ÚLTIMOS LANÇAMENTOS

Lançado em: 15-06-2019

Solenidade da Santíssima Trindade


Lançado em: 14-06-2019

Frei Michael Perry o Ministro Geral, OFM no Brasil


Lançado em: 12-06-2019

Sermões de Santo Antônio - AS VÁRIAS OFERTAS DA VIRGEM MARIA


Lançado em: 06-06-2019

Pentecostes: O nascimento da Igreja Missionária


Lançado em: 31-05-2019

Visitação de Nossa Senhora