Lançado em: 17-10-2019

HERANÇA DE IRMÃ DULCE

A canonização da Irmã Dulce dos Pobres será no dia 13 de outubro, às 10h (horário de Roma e às 5h – horário de Brasília), na Praça São Pedro, no Vaticano, presidida pelo Papa Francisco e a missa de ação de graças, pela canonização, está confirmada para o dia 20 de outubro, às 17 horas, na Arena Fonte Nova.
QUE HERANÇA Irmã Dulce nos deixou? Ela nos deixou uma importante Obra Social e deixou à Igreja uma nova congregação de irmãs religiosas. Creio, contudo, que sua maior herança consiste na motivação que orientou a sua vida, que a levou a fazer as escolhas que fez e que determinou a direção dos seus passos. Essa motivação tem o nome e o rosto de Jesus.
PARA QUEM Irmã Dulce deixou sua herança? Ela deixou para todos nós. Além de sermos responsáveis pela continuidade de sua Obra Social, somos herdeiros das motivações que orientaram e deram vida a seus passos. Contudo, não nos esqueçamos: será necessário, irmos ao encontro daqueles que foram a razão de ser dos trabalhos de Irmã Dulce: os indefesos, os necessitados, as crianças, os idosos e os doentes.
IRMÃ DULCE não nos deixou apenas uma Obra Social para cuidar dos pobres. Deixou-nos, uma missão: a de colocar esses nossos irmãos e irmãs que sofrem em contato com Jesus Cristo, para que tenham um encontro pessoal com Ele e possam, segui-lo. Fazendo isso, estaremos demonstrando ter compreendido e acolhido a rica herança que a Santa Dulce dos Pobres nos deixou.
NOS POBRES que Irmã Dulce acolhia, nos doentes que abraçava, nas crianças que encontrava abandonadas, tinha a capacidade de ver o rosto de Jesus. Por isso, não lhe era difícil socorrê-los. Era, uma oportunidade de demonstrar ao seu grande amigo Jesus o quanto lhe queria bem. Ela mesma testemunhou isso: “Não há maior alegria neste mundo que entregar-se totalmente a Deus, servindo-o na pessoa de nosso irmão mais necessitado, mais sofredor”.


ORAÇÃO. Senhor nosso Deus, lembrados de vossa filha, Santa Dulce dos Pobres, cujo coração ardia de amor por vós e pelos irmãos, particularmente os pobres e excluídos, nós vos pedimos: dai-nos idêntico amor pelos necessitados; renovai nossa fé e nossa esperança e concedei-nos, a exemplo desta vossa filha, viver como irmãos, buscando diariamente a santidade, para sermos autênticos discípulos missionários de vosso filho Jesus. Amém.

Dom Itamar Vian
Arcebispo Emérito - Feira de Santana
 



ÚLTIMOS LANÇAMENTOS

Lançado em: 16-11-2019

A princesa entre os pobres


Lançado em: 09-11-2019

Festa da Basílica São João do Latrão


Lançado em: 08-11-2019

Catequese de Bento XVI sobre o Beato João Duns Scotus


Lançado em: 05-11-2019

Os votos são fontes de libertação para poder amar a Deus e ao próximo radicalmente


Lançado em: 31-10-2019

Novo Governo da Federação Sagrada Família – Irs Clarissas