Lançado em: 12-01-2020

60 anos de Profissão Solene Perpétua

Madre Maria Pacífica de Jesus Crucificado – Gláucia Garcia de Almeida – a 2ª de 7 filhos do médico Dr. Joaquim Albino de Almeida e D. Juracy Garcia de Almeida, exímia pianista, vem de tradicional Família Sul mineira, Muzambinho e Machado, a terra do café. Fez seus estudos no Colégio Imaculada Conceição, das Religiosas Concepcionistas do Ensino. Dedicou-se depois a Línguas neo-latinas, quando foi surpreendida, aos 18 anos, pela morte repentina do pai, queridíssimo e de caráter invulgar. Afastando-se, pelo luto, dos compromissos e festas sociais, dedicou-se à Ação Católica, ocupando a presidência com grande liderança, levando muitas jovens a trocar vida mundana e fútil pelo engajamento apostólico na catequese e na visita aos pobres e doentes. No auge dessa atividade, quando lhe sorria o futuro com plano de viagens turísticas e a corte de ambiciosos pretendentes, sentiu o apelo irresistível de CRISTO para o dom total na vida consagrada. Comentando com um Sacerdote o desejo de ser monja, ele lhe deu a autobiografia de Santa Terezinha, em francês, onde se encontrava uma estampa de Soeur Marie Cèline de la Prèsentation, Vièrge Clarisse (Virgem Clarissa). Aquilo lhe soou tão bem, que procurou um Mosteiro de Santa Clara, viajando para o Rio. Familiares, Mestras e amigos tentaram dissuadi-la insistindo que era talhada para o Magistério e a Música. Sentia porém, que deveria sacrificar tudo aquilo para se doar, na clausura, ao silencioso apostolado de oração pelos Sacerdotes, pelas famílias e pelo mundo tão necessitado. O mais doloroso foi deixar a Mamãe amorosíssima e os manos terníssimos. Aos 20 anos superando grandes obstáculos e toda oposição de amigos e familiares, no dia 03 de maio de 1955, voou para o Rio, acompanhada da inseparável mana Nilza, que não se conformava com a separação e despertou a solidariedade de todos os passageiros no avião, impressionados com as suas lágrimas. Ingressou, na mesma tarde, na Porciúncula da Gávea, iniciando seu Postulantado. Na festa da Sagrada Família de 1956, 08 de Janeiro, recebeu o burel de Santa Clara, em cerimônia presidida pelo então Cardeal Dom Jaime de Barros Câmara. Na Epifania do Senhor, no ano seguinte, fez sua Profissão de VotosTemporários, na Santa Missa celebrada por Frei Luiz Gonzaga da Costa, então Capelão do Mosteiro. Aos 10 de janeiro de 1960, emitiu a Profissão Solene dos Votos Religiosos, também oficializada pelo saudoso Cardeal Dom Jaime. Logo após recebeu o cargo de Mestra de noviças, a vocação escondida e singela de Clarissa Pobre, exerceu vários ofícios na Comunidade, além do pesado trabalho braçal no vasto e montanhoso terreno do Mosteiro, a que as Irmãs pioneiras de dedicavam. Ficou à frente do Noviciado até 1970, quando foi eleita Abadessa, a primeira Abadessa brasileira do Mosteiro de Nossa Senhora dos Anjos.

Além da primeira fundação deste Mosteiro em Belo Horizonte, dedicou-se, em 1973, também à Fundação catarinense do Mosteiro Nazaré, coordenando a construção e transferência da Comunidade para a cidade serrana de Lages, que ficou sob sua direção até 1979.

Em 1984, atendendo ao pedido de Dom Heitor de Araújo Sales, realizou a fundação do Mosteiro de Nossa Senhora de Guadalupe Mãe das Américas, em Caicó, RN, que teve um belo crescimento, desdobrando-se em novos Mosteiros.

Em 1987 assumiu a direção do Mosteiro Santa Clara de Anápolis, com o envio de 7 Irmãs, que logo se multiplicaram fundando depois o Mosteiro em Dourados – MS.

Em 1992, ao acompanhar 2 Irmãs transferidas temporariamente para a Córsega - França, teve a honra de participar da Celebração Eucarística do saudoso e grande Pontífice São João Paulo II, na Capela papal do Vaticano, recebendo, em seguida, de suas mãos, o rosário e palavras de incentivo e carinho. Nessa ocasião viajou à Terra Santa para visitação e incentivo às 4 Irmãs Clarissas que estavam servindo no Mosteiro internacional de Jerusalém, tendo o privilégio de visitar os Lugares sagrados.

Em 2001 foi a vez de fundar uma Comunidade no Distrito Federal. Foi também, por 15 anos, Coordenadora geral da União dos Mosteiros clarianos no Brasil.

Grande exemplo e modelo da pobreza evangélica, a exemplo de nossa mãe Santa Clara sempre preocupou-se em nutrir suas Irmãs de claustro espiritualmente e materialmente. Portadora de palavras de consolo a todos quantos procuravam o Mosteiro, como uma terníssima mãe.

Enfrentou inúmeras provações, como a perda de seus familiares, mãe e irmãos, também a perda de algumas irmãs do Claustro, e se manteve com a força do Espirito Santo sempre meiga e serena. Muito culta, apreciadora da música clássica e zelosa pela Sagrada Liturgia que se empenhou sempre em preparar e solenizar nas Missas e Ofício Divino. Devotíssima da Mãe Santíssima e de nosso Pai São José, da Sagrada Família de Nazaré. Possui grande conhecimento de nossa Ordem e profunda espiritualidade, exemplo de fidelidade, memória viva da presença Clariana em terras brasileiras. Para as novas gerações de Irmãs Clarissas Madre Maria Pacífica com sua experiência e exemplo de vida alerta-nos a fazer memória do passado, de uma Ordem que está presente na Igreja a mais de VIII séculos, um passado construído por uma multidão de santas de todas as partes do planeta. A Memória que nos ajuda pela ação do Espírito Santo a abrir o coração para acolher as intervenções inéditas que Deus quer realizar em nós e através de nós nos tempos de hoje, no hoje de nossa história sagrada na Ordem de Santa Clara, na Igreja, para o mundo, nos tornando instrumentos, colaboradoras dos projetos salvíficos d’Aquele que nos escolheu e nos desposou, o Cristo Pobre e Crucificado.

 As Irmãs do Mosteiro Santa Maria dos Anjos da Porciúncula, Sacerdotes e Amigos do Mosteiro, e toda Ordem de Santa Clara, se unem em ação de graças, louvando o Senhor pelos 60 anos de Profissão Perpétua Solene na Ordem de Santa Clara de nossa Irmã Madre Maria Pacífica de Jesus Crucificado, que  como Maria Santíssima dá o seu “ Fiat” diário e constante com alegria nos passos de nossos Seráficos pais Clara e Francisco.

           Site do Mosteiro Santa Maria dos Anjos da Porciúncula:   https://www.irmasclarissas.org.br/                                                                            

 

 

 

 

 



ÚLTIMOS LANÇAMENTOS

Lançado em: 25-01-2020

Mosteiro Nossa Senhora das Alegrias


Lançado em: 19-01-2020

Capítulo Eletivo


Lançado em: 14-01-2020

O Tempo Comum


Lançado em: 14-01-2020

Madre Vitória da Encarnação


Lançado em: 12-01-2020

Passagem para Vida Eterna