Mosteiro Nazaré

Fundação:22/10/1964

Avenida Papa João XXIII, 1113 - Petrópolis
88505-200 - Lages - SC
Tel.: (49) 3222-2958 cel. 9953-7927 (tim)

E-mail: clarissasnazare@hotmail.com
Blogs:http://clarissaslagesclara.blogspot.com www.youtube.com/MosteiroNazare

Abadessa: Madre Maria Madalena da Mãe Dolorosa, osc

O mistério da vida oculta de Jesus em Nazaré, é o protótipo da vida de família e também da vida religiosa. O Mosteiro Nazaré foi pensado diante do ideal de vida pobre, humilde, silenciosa e orante na casa de Nazaré, onde viveu a Sagrada Família, Jesus, Maria e José.
Madre Maria Agnela assim idealizou a comunidade do Mosteiro fundado por ela em 1964 em Forquilinha -SC, naquela época diocese de Tubarão, e município de Criciúma; atualmente diocese de Criciúma; transferido em 1977 para Lages. O Mosteiro Nazaré, no planalto catarinense, vem realizando sua missão silenciosa junto ao povo de Deus, na diocese de Lages.

Somos queridas e amadas por nossa diocese, e percebemos que nossa vida de oração é valorizada. Todos aqui buscam espiritualidade, experiência de oração e de silêncio, escuta, compreensão e ajuda na intercessão. Procuramos dar o testemunho de coerência com o chamado que o Senhor nos fez, na missão peculiar de nosso carisma contemplativo, procurando viver intensamente nossa vida de oração.
Trabalhamos para nosso sustento, do qual também a providência divina cuida de forma mesmo extraordinária. As irmãs a quem Deus deu a graça de trabalhar, trabalham sem per¬der o espírito de santa oração e devoção, ao qual devem subordinar-se todas as coisas, como pede a nossa fundadora, Santa Clara de Assis. Todos os nossos trabalhos precisam estar ordenados em horários e serem de modo favorável e adaptado à vida orante, que não impeçam aquilo que é essencial para nós: a vida de oração.

São mais de oito horas que passamos cotidianamente em oração, sendo que se distribuem na Celebração Eucarística, no Ofício Divino ou Liturgia das Horas; na Adoração Eucarística, na meditação e na leitura espiritual, na oração do Rosário ou da Via-sacra, na oração silenciosa na cela, à noite. Com isso, nesta perspectiva do essencial, dedicamos algumas horas da manhã e outros momentos mais breves após as refeições, para realizar os trabalhos necessários, como o cuidado com a cozinha e a alimentação, a limpeza da casa, a ornamentação dos lugares de oração e o cuidado com os paramentos litúrgicos; trabalhos de jardim e horta; e o artesanato de velas e rosários.
O horário de nosso Mosteiro se desenvolve desse modo: 5 h: Levantar; 5,15 h: Laudes; 5:45 Rosário; 615: Café; 6:35 Oração da Tércia; 8h Santa Missa; 8:50 Meditação; 9h trabalhos e Adoração ao Santíssimo Sacramento; 12h Oração da Sexta; 12:30 Almoço e trabalhos de louça e refeitório; 1:30 Repouso; 2:30 Oração da Noa seguida de Adoração ao Santíssimo Sacramento; 17h Oração das Vésperas; 17:30 Leitura Espiritual; 18h Jantar; 19h Recreio fraterno; 20:10 Oração das Completas e Ofício das Leituras, seguidas de Adoração noturna ao Santíssimo Sacramento ou Hora Santa ou Oração das Matinas à 0h.

As irmãs têm à disposição na biblioteca livros para estudo e jornais e periódicos, para acompanhar os acontecimentos do mundo, e rezar pela humanidade. Eventualmente, quando de interesse especialmente religioso ou mundial, vemos jornal na televisão ou internet.
Nosso estudo, por etapas de formação, ou comunitário, abrange muitas áreas de âmbito religioso, teológico, histórico, eclesial, e também de formação humana, que possa favorecer nossa vida e convivência. Temos uma programação de estudo que orienta cada etapa e também a formação permanente. Esta formação continua a vida inteira, não se restringe às etapas iniciais de uma vocacionada que ingressa no Mosteiro.
A Madre Abadessa, que as irmãs elegem livremente, acompanha cada irmã com solicitude e serviço, em todas as necessidades, sejam espirituais, como a formação, ou materiais, de maneira particular com cuidados na saúde, alimentação e nos trabalhos.

Atualmente o Mosteiro tem quinze irmãs. Sete irmãs têm Profissão Solene na Ordem; uma é juniorista, Irmã Maria Letícia; três são noviças que receberam o hábito clariano, num belo rito, que iniciou à meia-noite. A postulante veste-se de noiva, é acompanhada pelas irmãs com velas acesas até a capela, onde se realiza uma celebração com cânticos de salmos e meditação de leituras bíblicas, sendo que em seguida há o corte solene do cabelo, que recorda o gesto de Santa Clara de Assis ao deixar a família para consagrar-se a Deus. As belas vestes são substituídas neste momento pelo pobre e simples hábito da Ordem das Clarissas e recebe um nome novo, sendo chamada de Irmã. É um momento feliz para o Mosteiro, porque uma vocacionada que assume a nossa vocação é considerada presente de Deus, uma nova irmã que Deus nos envia, com a responsabilidade de cultivar esta vocação. Irmã Mara Letícia fez a sua Profissão Temporária no dia 29 de junho em nossa Capela externa, com a presença de seus familiares, durante uma Missa presidida por Dom Irineu Andreassa, e agora continua a sua formação, preparando o momento precioso de sua Profissão Solene, que irá vincular a sua existência definitivamente consagrada ao Senhor.



 

 


NOSSOS MOSTEIROS

Mosteiro Santa Clara - Sede da Federação Sagrada Família


Mosteiro Nossa Senhora dos Anjos da porciúncula


Mosteiro Santa Clara - BH


Mosteiro Santa Clara - PB


Mosteiro São Damião


Mosteiro da Sagrada Face e da Reparação


Mosteiro Nossa Senhora de Guadalupe


Mosteiro Monte Alverne


Mosteiro Santa Clara - Nova Iguaçu


Mosteiro Santíssima Trindade


Mosteiro Santíssimo Sacramento


Mosteiro Mater Christi


Mosteiro Fraternidade São Francisco de Assis


Mosteiro Maria Imaculada


Mosteiro Santa Clara de Deus Trino


Mosteiro Santa Maria dos Anjos


Mosteiro Imaculada Conceição da Mãe de Deus


Mosteiro Nossa Senhora das Alegrias


Mosteiro Mãe da Providência