Lançado em: 07-08-2017

Mensagem da Madre Federal Para o Capítulo das Esteiras -CFFB

“A porciúncula, porta sempre aberta”
Caríssimos Irmãos da CFFB, reunidos no Capítulo das Esteiras,
Paz e bem!

As Irmãs Clarissas do Brasil sentem-se muito unidas a todos vocês que, na Casa da Mãe Aparecida, como outrora, Francisco, na igrejinha de Nossa Senhora dos Anjos da Porciúncula, estão reunidos em Capítulo, para celebrarem o dom de nossa singular vocação, o dom do Perdão de Assis, o dom da fraternidade, o dom de nossa pertença exclusiva a Deus, o dom de sermos família.

“Ouvi, pobrezinhos, pelo Senhor chamados, que de muitas partes e províncias fostes congregados”: nestes dias em que estarão reunidos em Aparecida, nossos Mosteiros também se farão presentes, através da comunhão de preces e de corações.

Temos consciência de que crescemos muito em unidade, estamos sempre mais trabalhando juntos, acolhendo-nos como irmãos, e cônscios de que apesar de nossas diferenças, somos Irmãos, e legítimos, filhos do mesmo pai – são Francisco de Assis e da mesma mãe – Santa Clara de Assis. Nossos Ministros Gerais vão à frente, apontando o caminho da unidade: “nestes tempos de divisão e fragmentação somos chamados a fazer emergir a nossa identidade unitária devida ao nosso ser filhos de São Francisco, herdeiros de sua experiência e intuição de vida evangélica”. Essa é grande mensagem que podemos dar ao mundo de hoje sedento de paz e de Deus: a vida de fraternidade.

Certamente todos serão fortalecidos e voltarão para suas Fraternidades, cheios de entusiasmo e com renovado e firme desejo de serem para os que estão perto e os que estão longe, o rosto misericordioso de Deus, espelhos da ternura com que Deus e sua Mãe pobrezinha amam cada um de nós, especialmente os que mais necessitam do bálsamo de seus cuidados e compaixão. O Papa Francisco nos diz que “a estrada do perdão pode, verdadeiramente, renovar a Igreja e o mundo. Oferecer o testemunho da misericórdia, no mundo atual, é uma tarefa a que nenhum de nós se pode subtrair. O mundo tem "necessidade de perdão" fruto de "muitas pessoas que fechadas no rancor incubem ódio, porque incapazes de perdão, arruinando a própria vida e a dos outros, em vez de encontrar a alegria da serenidade e da paz". Fazei de nós, Senhor, instrumentos de vossa paz.

Que o Pai Francisco e a Mãe Clara intercedam por nós, para que nunca renunciemos a ser sinais humildes de perdão e instrumentos de misericórdia e fraternidade".

Pelas Irmãs Clarissas do Brasil, Fraternalmente,

 

Madre Maria José da Rosa Mística- Presidente da Federação Sagrada Família

 

Mosteiro Santa Clara – Anápolis, 02 de agosto de 2017

 



ÚLTIMOS LANÇAMENTOS

Lançado em: 17-10-2017

As lições de Aparecida


Lançado em: 14-10-2017

Papa Francisco Canoniza Mártires brasileiros


Lançado em: 12-10-2017

“Não se deixem vencer pelo desânimo!”, Mensagem do Papa Francisco


Lançado em: 12-10-2017

NOSSA SENHORA APARECIDA


Lançado em: 08-10-2017

Papa Francisco concede terceira Rosa de Ouro ao Santuário Nacional